Resultado de exames laboratoriais

Hospital Marcelino

CONHEÇA ALGUNS MITOS E VERDADES SOBRE O DIABETES E SAIBA COMO SE PREVENIR

shutterstock_323905706

1. Agora que fui diagnosticado(a) com Diabetes, não poderei mais ter uma vida normal?

MITO!

Pessoas com diabetes podem namorar,casar, ter filhos, praticar atividades físicas, viajar, em suma, ter um ciclo de vida normal. Se você controlá-lo adequadamente, poderá se antecipar à doença, prevenindo e adiando várias complicações. Mas lembre-se: se você não se cuidar, a evolução da doença não será boa. Duas em cada três pessoas com diabetes morrem em função de problemas cardiovasculares ou por causa de derrames. Cuidado e prevenção são duas palavras imprescindíveis para quem tem diabetes.

DIABETES

MITOS E VERDADES

SOBRE A DOENÇA

2. “Consumir muito açúcar causa diabetes.” ou “Como posso ter diabetes se consumo tão pouco açúcar?”

MITO!

Não é tão simples assim. A grande maioria dos casos de diabetes está dividida em dois grupos: Diabetes Tipo 1 (DM1) e Diabetes Tipo 2 (DM2). O DM1, aquele que depende exclusivamente de insulina, é causado por fatores genéticos e outras causas ainda desconhecidas. Já o DM2 é causado por fatores genéticos e também pelo estilo de vida da pessoa. Isso significa que você pode vir a ter diabetes mesmo se alimentando de forma correta, não tendo uma vida sedentária e não exagerando no açúcar e  nas bebidas alcóolicas (DM1).

Por outro lado, não gastar as calorias que você consome (sedentarismo) pode levar ao aumento de açúcar e gordura no seu organismo e levar ao diabetes

(DM2), à obesidade e a problemas de Colesterol. Em 600 ml de refrigerante, há de 60 a 70 g de açúcar. Isso equivale a 13 sachês de açúcar disponível nas mesas de restaurante. É muito açúcar!

 

3. Se eu estiver acima do peso, tenho grandes chances de desenvolver Diabetes Tipo 2 e outras doenças metabólicas, como Hipertensão Arterial e problemas de Colesterol?

VERDADE!

Estar acima do peso é sim um fator de risco para o Diabetes Tipo 2, mas não é

único. Histórico familiar, idade e sedentarismo também podem levar ao surgimento da doença. Praticar atividades físicas e combater o sedentarismo ajudam a prevenir o diabetes.

 

4. É muito fácil descobrir se eu tenho diabetes. Os sintomas são claros?

MITO!

O diabetes é uma doença silenciosa, que não apresenta sintomas claros. É aí que reside o perigo! Sintomas como: sede excessiva, rápida perda de peso, fome exagerada, cansaço inexplicável, muita vontade de urinar, dificuldade na cicatrização, visão embaçada, falta de interesse e de concentração, vômitos e dores estomacais geralmente são manifestados em um estágio mais avançado

da doença. A realização de exames é a forma indicada para saber, com certeza, se você tem diabetes.

 

5. Quem tem diabetes não pode comer doces e chocolates nem ir a aniversários, casamentos e confraternizações da empresa?

MITO!

Doces e chocolates podem ser consumidos por diabéticos em pequenas porções e em ocasiões especiais. Para isso, é muito importante praticarem atividades

físicas regularmente e que o médico avalie se a doença está bem controlada antes de conceder uma autorização. Fora dessas ocasiões especiais, o açúcar, seja ele mascavo, orgânico, magro ou light, deve ser evitado. Ao adoçar o seu café, opte por adoçantes ou experimente tomá-lo puro. Essa prática pode até fazer você desfrutar de todo o sabor que é mascarado ao adoçá-lo.

 

6. O diabetes pode ser transmitido de uma pessoa para outra?

MITO!

Diabetes não é contagioso. As causas são genéticas e, no caso do Tipo 2, associadas ao estilo de vida.

 

7. Frutas são saudáveis, por isso não há restrições em relação à quantidade que eu posso comer?

MITO!

Embora seja uma alimentação saudável, com fibras, vitaminas e minerais, frutas contêm carboidratos. Seu consumo irá depender da quantia, do tipo de fruta, das suas taxas de glicemia e das suas refeições. Converse com seu médico ou seu nutricionista sobre a quantidade, a frequência e o tipo de fruta mais aconselhado para você.

 

8. Por ter Diabetes Tipo 2 e passar a fazer uso de insulina, significa que eu fui um paciente que não tomou os cuidados necessários?

MITO!

Para a maioria das pessoas, o Diabetes Tipo 2 é uma doença progressiva. Muitas pessoas conseguem manter seu nível de glicose normal apenas com

o uso de medicamentos orais, planejamento alimentar e atividades físicas.

Com o passar do tempo, no entanto, mesmo que você siga as orientações médicas corretamente, o organismo passa a produzir cada vez menos insulina. Usar insulina para controlar a glicose é uma coisa boa, mas deve ser bem indicada e o paciente deve receber todas as orientações necessárias sobre esta nova fase do tratamento. O uso de insulina tem vantagens e riscos como

qualquer medicamento de uso contínuo. Siga as orientações do seu médico.

 

9. A relação entre paciente e médico é fundamental.

VERDADE!

O endocrinologista é o especialista mais preparado para ajudá-lo(a) no caso de diabetes. É muito importante fortalecer a relação com o seu médico por meio de consultas regulares e do cumprimento de todas as orientações passadas por ele.

Mapa do Site
Av. Pres. Affonso Camargo, 1399 - Cristo Rei, Curitiba - PR
(+55 41) 3087-7600