Resultado de exames laboratoriais

Hospital Marcelino

Estudo que identifica insuficiência renal aguda a partir da saliva é premiado no México

Dr Roberto Pecoits, Dra Viviane Calice e Profª Cristina Baena

A premiada doutora Viviane Calice (centro) acompanhada do nefrologista Roberto Pecoits e da pesquisadora Cristina Baena.

Um estudo que validou a identificação de quadros de insuficiência renal aguda a partir de um teste de saliva – desenvolvida por pesquisadores do Hospital Marcelino Champagnat (HMC) e da PUCPR – foi reconhecido internacionalmente durante o Congresso Mundial de Nefrologia, ocorrido na Cidade do México, no final de abril. O trabalho coordenado pelo membro do corpo clínico do HMC Roberto Pecoits Filho e apresentado pela nefrologista Viviane Calice da Silva ganhou o prêmio de melhor estudo clínico do evento entre mais de 300 trabalhos inscritos.

A insuficiência renal aguda é um problema comum em pacientes que sofrem de malária e pode levar à morte devido à falta de diagnóstico e tratamento precoce. Diante desse cenário, a situação agrava-se em nações pobres e subdesenvolvidas. O trabalho premiado avaliou 86 pacientes com idades entre 11 e 50 anos internados com malária no Hospital Josina Machel, em Angola. O objetivo da pesquisa era avaliar a possibilidade de diagnosticar a insuficiência renal aguda a partir de um teste de ureia salivar – método de avaliação simples, prático e acessível.

De acordo com Viviane, o próximo passo do estudo é buscar o diagnóstico de insuficiência renal aguda em crianças do Sudão. O trabalho inscrito pelo enfermeiro Euclides Sacomboio, também relacionado com o projeto desenvolvido em Angola, foi outro estudo premiado no evento internacional. Sacomboio e Viviane são alunos do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da PUCPR.

Outros destaques

Outro destaque do Congresso Mundial de Nefrologia foi a premiação do trabalho desenvolvido pela aluna de pós-doutorado da PUCPR Fabiana Nerbass. Ela ganhou uma bolsa de estudos do programa Hydration for Health, promovido pela Sociedade Internacional de Nefrologia e pela Danone. O estudo avaliou o status de hidratação e a saúde renal de trabalhadores submetidos a temperaturas elevadas.

Ainda no congresso, o nefrologista do HMC Roberto Pecoits Filho foi escolhido para participar, nos próximos dois anos, do Comitê Executivo da Sociedade Internacional de Nefrologia – o único latino-americano do grupo formado por oito especialistas de todos os continentes. Ao longo do evento, Pecoits Filho apresentou, em sessão plenária, uma análise multinacional de padrões de prescrição de medicamentos para diabéticos com doença renal. Os dados do estudo foram coletados no Brasil, Estados Unidos, França, Alemanha e Japão.

Mapa do Site
Av. Pres. Affonso Camargo, 1399 - Cristo Rei, Curitiba - PR
(+55 41) 3087-7600