Resultado de exames laboratoriais

Hospital Marcelino

Neurocirurgião do Hospital Marcelino Champagnat representa o Brasil em evento sobre avanços no tratamento do Parkinson, nos EUA

alexandre

Entre os dias 6 e 8 de abril, o neurocirurgião do Hospital Marcelino Champagnat e chefe do Serviço de Neurocirurgia do Hospital Universitário Cajuru da PUCPR, Alexandre Novicki Francisco,  representou o Brasil durante o “DBS Leaders Forum”  em Scottsdale, nos EUA. O evento contou com a participação de 50 neurocirurgiões e neurologistas especializados no tratamento cirúrgico da Doença de Parkinson de diferentes países, sendo apenas 4 participantes da América Latina. Durante o evento foram criteriosamente avaliados os resultados da terapia em nível mundial e discutidas as perspectivas futuras no tratamento da doença de Parkinson e de outros distúrbios neurodegenerativos.

“A maior novidade foi a apresentação oficial de um protótipo que apresenta um sensor da atividade neuronal cerebral incorporada ao próprio estimulador”, afirmou o neurocirurgião. Este mecanismo permite com que a estimulação seja aplicada ao cérebro, baseada na informação simultânea captada pelos sensores do dispositivo. De uma maneira mais simples, o sensor identifica como está o funcionamento do cérebro do paciente naquele exato momento e realiza a estimulação baseada nestes achados, melhorando os resultados terapêuticos e diminuindo o risco de efeitos colaterais não-desejáveis. “Trata-se de um avanço tecnológico considerável, que deve refletir em uma melhora substancial da qualidade de vida destes pacientes. Estudos preliminares estão em andamento, mas acreditamos que o dispositivo esteja totalmente desenvolvido para utilização em humanos em um prazo de 2 anos”, afirma o médico, que também coordena o estudo internacional sobre a aplicabilidade da terapia de estimulação cerebral no território brasileiro.

 

Mapa do Site
Av. Pres. Affonso Camargo, 1399 - Cristo Rei, Curitiba - PR
(+55 41) 3087-7600