Resultado de exames laboratoriais

Hospital Marcelino

Saiba o que é Hipercolesterolemia Familiar

shutterstock_414171766

Patologia genética faz com que o paciente nasça com o nível de colesterol elevado

O colesterol é a principal causa de acidente vascular cerebral(AVC) e infarto, enfermidades que mais matam no Brasil e no mundo.  De acordo com o cardiologista do Hospital Marcelino Champagnat, José Rocha Faria Neto, a Hipercolesterolemia Familiar (HF) é uma predisposição genética em que o paciente apresenta níveis significativamente elevados de LDL-colesterol, o chamado colesterol ruim.

O HF atinge quase metade dos descendentes em primeiro grau de um indivíduo afetado e 1 em cada 500 brasileiros. Níveis de LDL acima de 190mg/dl em adultos e acima de 160mg/dl em crianças e adolescentes sugerem fortemente um componente genético.

O diagnóstico de hipercolesterolemia se faz pela dosagem de colesterol. Mas os portadores de HF podem apresentar depósitos de colesterol em alguns tecidos, dando origem a sinais bastante característicos, como por exemplo os xantomas, que são “tumores” benignos,  comuns no tendão de aquiles e tendões extensores dos dedos, e os xantelasmas de pálpebras, manchas amareladas, em especial na região mais próxima do nariz. Outra alteração perceptível no exame clínico é a presença do chamado “arco corneano”, uma lesão caracterizada pela opacificação branco-acizentada na córnea.

Segundo o cardiologista, por se tratar de uma doença genética, não há cura, porém, há tratamento para controle. “Mudanças de hábitos de vida, atividade física, dieta, uso de medicamentos e uma espécie de diálise, que retira apenas o colesterol do sangue, são as melhores opções”, indica Faria Neto.

Mapa do Site
Av. Pres. Affonso Camargo, 1399 - Cristo Rei, Curitiba - PR
(+55 41) 3087-7600